8 de jun de 2016

(Resenha) Johnny Bleas - Um Novo Mundo


Olá, pessoal.
Como vão?
Espero que muito bem!



ANTES DE TUDO
DESCULPAS, mas voltei para ficar agora. E nada melhor do que voltar em grande estilo, o que é sinônimo de RESENHA.

O livro resenhado é um que recebi, fruto entre a parceria entre J.G.Brene e eu, e se quiserem saber mais (sem spoiler) basta continuar lendo o post.


(Resenha) Johnny Bleas - Um Novo Mundo


Mas você deve ter certeza do que quer, só assim os caminhos se abrirão.”


Johnny tem dezesseis anos e é órfão, mora com seus tios, em um fazenda do interior. Sua vida é calma, mansa. Até que um dia sua tia é encontrada fatalmente morta.

E tudo muda.

Johnny tem visto uma criança, que sempre aparece, só para ele. E sempre que ele tenta segui-la, ela desaparece.

Em uma de suas tentativas, ele consegue, e a criança, que na verdade é um duende (sim, você leu certo), o leva para outro mundo.

Um mundo onde existem guerreiros, magos, paladinos, em suma, onde a magia existe, e o impossível se torna possível.

Asterium é o novo mundo, onde peças do passado de Johnny se encaixam, mistérios o perseguem. E o pior: uma profecia, que envolve muita destruição, mortes e sua outra metade. Johnny Bleas é o anjo que pode salvar esse mundo, enquanto o outro… tenta destruí-lo.

Considerações sobre o livro:

"O desconforto faz com que possamos evoluir. Muitos procuram sua vida toda por conforto, sendo que o conforto só pode ser valorizado depois do aprendizado. Depois da evolução.  Sem o desconforto nunca daremos valor ao que nos é dado pelo universo.”


Se tem uma coisa que AMO é fantasia. A mágica de ir à um mundo alternativo, sair da realidade me fascina. Em “Johnny Bleas - Um Novo Mundo” não é diferente. A forma como o autor criou o mundo, a forma como ele narrou o livro, de uma forma leve e descontraída, o equilíbrio perfeito para fazer com que você não queira soltar o livro por um minuto.
O livro me fez rir, o que adoro, me fez recear, e principalmente fez com que me aventurasse junto com Johnny nessa embarcada.

Nota do livro:
4,5/5

Observação:
Se você gosta de fantasias, novos mundos, aventuras, e de um BOM nacional, “Johnny Bleas - Um Novo Mundo” é o livro essencial para você.

10 de abr de 2016

Bookshelf Tour

Olá, pessoal.

Como vão?

Espero que bem, ou o melhor que possam.


Vim fazer uma coisa que eu nunca tinha feito até então. Vou mostrar à vocês minha última organização na minha estante de livros.


Vamos lá?


Bookshelf Tour


Bem, vou mostrar parte por parte, e falar um pouco sobre.

Vamos começar por essa parte. Onde deixo minhas canetas, lápis de cor, esses tesouros de A Esperança - O final, meus marcadores, e minha leitura atual (que no caso é Harry Potter e a Câmara Secreta).


Essa parte é do lado da parte da foto acima. Decidi colocar dessa maneira para que as minhas trilogias distópicas que eu tanto amo tenham um destaque, já que destacaram e destruíram meu pobre coração. Aí estão meus marcadores, nessa caneca minha (agora, pelo menos) do Bob Sponja. 


Essa é a parte que fica ao lado das minhas queridhas distopias. Nessa parte, eu coloco os livros "únicos" e com essa tamanho "menor", para que não fiquem desproporcionais.


Acima da parte onde coloco livros únicos, está minha coleção (infelizmente ainda não completa) da querida Cassandra Clare. Foquem no meu guardião da estante, aquele Iron Man, e também na capa linda com o feiticeiro mais sexy do Submundo, Bane. Confesso que tenho ciumes até de olharem para essa parte, principalmente para As Peças Infernais, ali no canto.


A parte mais bem protegida da estante, onde deixo minhas Horcruxes (aparentemente) "expostas". Foquem no meu Pomo de Ouro, que capturei na minha terceira partida de Quadribol, isso quando eu ainda jogava como apanhador na Sonserina (não me perguntem o motivo da minha retirada).


Do outro lado, a parte dedicada ao tio Rick. Com PJO, HDO, ACDK e Magnus Chase. Vale ressaltar que eu quero que essa coleção do Riordan cada vez mais e mais, e gostaria de dizer que se alguém quiser me dar o mais novo lançamento dele, O Oráculo Oculto, ficarei muito grato. Que os deuses romanos, gregos, egípcios e asgardianos vigiem essa fase.
(Foquem no meu cofre do Batom, onde há exatamente 1,35$).


Abaixo da coleção do Rick, estão meus xodós. Meus favoritos, os de coração. Se você quer ler algum livro dessa parte e tem dúvidas sobre ele ser bom ou não, só digo que: eles são meus favoritos por um motivo: me surpreenderam, me fizeram chorar, partiram meu coração.


Abaixo dos favoritos, estão os "nem tão bons" (exceto pelO Chamado do Cuco) e os que ainda não foram lidos, ou também minhas leituras não concluídas. Vale dizer que eu comecei quase todos, mas foram mínimos os que terminei.


PESSOAL, espero que tenham gostado. 

Não mostrei toda a minha estante pir motivos de: nem todas as partes estão com livros, alguns estão com cadernos e livros didáticos, outros com objetos de colecionador de Harry Potter que, vale ressaltar, eu tentei MESMO mostrar, mas eles não SÃO fotogênicos.  Então fica para uma outra hora. Estou pensando em mostrar um pouco sobre cada uma das minhas coleções, se tiverem gostado da ideia, comentem aí. 


E se você não é um seguidor, faça o Weasley feliz e se torne um, cada pessoa é considerada um avanço pro blog, e eu quero muito avançar, crescer. 


O que acharam das minhas organizações? 


Comentem, comentem, comentem.

Até a próxima,

Weasleyzinho.

6 de mar de 2016

Resenha: Coração sem fim

Fala, galera.

Como vão? 


Leituras já sendo concluídas? Por aqui SIM!


Hoje venho trazer a resenha da primeira leitura concluída do mês de março, e que é de uma parceira, Larissa Lúcio de Carvalho.


📖Resenha: Coração sem fim 📚.




"Um rapaz, e duas jovens, a amizade e o amor, o equilíbrio e a obsessão, o volúvel e o constante, a mágoa e o perdão. Qual será o final?"


Samanta, uma garota diferente das outras, sempre se preocupou muito com o futuro, e  quão bem se sairia nele. Com seu esforço, conseguiu uma bolsa para estudar na Inglaterra, onde ficaria por um ano. Biologia marinha sempre fora sua vida, já que, sua mãe, a criadora da ONG que salva cada vez mais tartarugas marinhas da extinção, sempre a mostrou como uma pessoa com um bom coração pode salvar o mundo, mesmo que em uma porcentagem ínfima.


Sam, cresceu com seus melhores amigos. Ruan, o garoto conservador, diferente dos que namoram por namorar, e Bianca, sua melhor amiga, que é secretamente apaixonada por Ruan, que secretamente é apaixonado por Samanta.

Faltam algumas semanas para Sam se despedir de tudo e de todos. E finalmente embarcar em seus sonhos.

O livro é repleto de intrigas, que são normais, considerando o tipo de situação a que cada coração se encontra.

Bianca se abre com Ruan, que diz a ela que nunca a olhou com esses olhos, e sim como uma irmã mais nova.

Ruan se abre com Samanta, e para sua incrível surpresa, ela o retribui. Amando-o, às escondidas, em segredo.

É certo namorar o homem cuja sua amiga sempre fora apaixonada, desde a infância? Seria considerada uma traição? As dúvidas que tomam conta da cabeça de Sam, que, tem de resolver logo tudo, antes de ir embora.

Mas, prestes a ir, uma (quase) tragédia acontece. Seguida de outra, e o pior: com duas pessoas que sempre amou.

Dividida entre amor e amizade, Sam se vê num furacão de sentimentos, onde, ninguém sairá com o coração intacto.


📖Opinião sobre o livro📚


Confesso que de início o livro não me agradou, talvez porque esse não seja meu gênero favorito, ou talvez seja um motivo desconhecido. MAS, aos poucos o livro foi me conquistando, assim como os personagens. O fato de a história não girar somente em uma única coisa, me agradou. Fora o fato de que, a criação da ONG no livro, para proteger tartarugas marinhas, me atingiu bem na consciência. E com isso pude perceber que, não são só em livros que as pessoas estão dispostas a ajudar uma causa. Isso realmente existe.

Também tenho que dizer que algumas coisas me decepcionaram, como: a escrita simples (até demais) da autora, o fato de que algumas problemas terem se resolvido facilmente, quando deveria (pelo menos, acho) ser mais bem desenvolvido.

Enfim, agora falando de coisas que me agradaram: o livro é lindo, não só a estória em si, mas o exemplar, maravilhoso (a capa de trás com Sam acariciando Vida me  emocionou). E uma das coisas que MAIS me agradaram: TODO capítulo, antes de começar, tem uma frase, que, nos faz refletir, e cada frase foi escolhida sabiante, dentre os pensadores da história, Sócrates, por exemplo.

Além do fato de que essas frases, de grandes pessoas para a história da humanidade, me envolveram, uma coisa ainda me chamou mais atenção: não foram SÓ frases dos pensadores mais fo#@*, mas TAMBÉM DA AUTORA.


E como adorei os quotes e utilizei muitos post its, pensei em fazer uma coisa que há muito não faço: aqueles TOP 5 melhores quotes, mas serão quotes somente da autora, ok? Então, vamos LÁ:

📖 TOP 5 - MELHORES QUOTES 📚


1° 📖 "(...) tenho vários buracos que precisam ser preenchidos, acredito que todos os seres humanos sejam assim também, faz parte da vida. Felicidade completa é utopia." (p.39)📚

2°📖 "A felicidade é singela, os seres humanos que a tornam faustuosa." (p.207) 📚

3°📖 (...) pois quando realmente queremos mudar o rumo de nossas vidas, e fazemos isso com consciência, nada é mais prazeroso do que sentir-se em paz." (p.247) 📚

4°📖 "Pessoalmente, sou contra religiões, porque foi imposta pelos homens, e tudo que é imposto, usado por força e terror para que a verdade seja aceita, é fundamentalismo e radicalismo." (p.285) 📚

5°📖"O perdão é a cura para uma alma ferida, uma alma judiada por sentimentos vingativos e ardilosos. Perdoar não é esquecer, mas entender que a ferida cicatrizou e não existe mais dor. A cicatriz está lá, mas não dói." (p.450) 📚

E esses foram os quotes que mais me chamaram atenção, e posso dizer com certeza que o 5° foi o MELHOR/PREFERIDA.

E vamos encerrar o post com a nota do livro? VAMOS!

📖Nota do livro: 3,5/5.


É ISSO, PESSOAL.

Espero que tenham gostado, adorei resenhar e falar desse livro da nossa parceira. Podem esperar uma outra resenha de um outro livro o mais rápido possível, já que terminei minha leitura atual.

Até a próxima,

Weasleyzinho.